Formato de Post

Política e ansiedade

Deixe uma resposta

Com o atual cenário político, fica difícil não ficar ansioso, nervoso ou até depressivo.

Eu nunca me importei muito com política. Para ser sincero, já deixei de votar várias vezes, sempre ignorando o resultado e pensando que isso não afetaria tanto minha vida.

Só que dessa vez caiu a ficha de que é o meu, o seu, o nosso futuro. Cada dia mais próximo da eleição é mais ansiedade e decepções.

O candidato no topo das pesquisas afirma que “preferia um filho morto a um filho gay”, o vice do mesmo já deu sinais que não respeita a constituição. Do outro lado temos um candidato que vem de um partido onde a roubalheira rolou solta por muitos anos no Brasil.

Os comentários em mídias sociais, sempre fervorosos de todos os lados, mas consegui por sorte me envolver em uma bolha de opiniões próximas às minhas. Mesmo assim não consigo deixar de ficar nervoso lendo posts de ódio contra “o candidato” e pensando como seria um futuro com ele no comando.

Tentei ficar alienado propositalmente, sem entrar em sites de notícias, mídias sociais e evitar o assunto quando aparecer na roda de amigos, mas é impossível.

As conversas em todos os lugares também permeiam política, não é possível cortar o cabelo sem tocar no assunto eleições, nem almoçar sem comentar com os colegas o que está acontecendo.

E se tudo der errado? Se o candidato que eu não quero lá seja eleito? O que farei? Já pensei até em fugir do país, mas só de pensar nisso a ansiedade aumenta mais ainda.

Vontade de dormir e só acordar quando as eleições acabarem.

Deixe uma resposta